Conex„o Healthcare capacita residenciais para compras conjuntas

Parceria entre o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) e o Sebrae-RS, o Conexão Healthcare realiza diversas atividades para aperfeiçoar os modelos de gestão de 15 residenciais geriátricos da capital gaúcha.

 
 
Ainda no ano passado, a primeira iniciativa do projeto foi a introdução ao Programa Lean Healthcare, método que coloca em prática princípios básicos para reduzir desperdícios durante a elaboração e execução das funções diárias, o que auxilia as empresas na melhoria da competitividade. A ação tem o apoio do Departamento de Residenciais Geriátricos do sindicato.
 
As primeiras atividades, em 2018, buscaram aprimorar a gestão do grupo, com práticas como a compra conjunta para consolidar suas necessidades e definir um padrão de custo. “Apoiamos o departamento na estruturação de um método para que pudessem realizar negociações conjuntas. É um programa robusto e iremos o ano todo acompanhando através de consultorias de planejamento, estruturação e negociação. Vamos ajudar a equipe a criar uma dinâmica estruturada que reverta em redução de custos com compras e melhoria no desempenho geral das organizações”, afirma o gestor do projeto no Sebrae-RS, Lucas Alves.
 
Reunião do grupo em consultoria do Sebrae/RS
 
Em fevereiro, o grupo visitou o Residencial Jeito de Viver com o objetivo de promover a interação e troca de boas práticas entre as empresas. Também foram apresentadas as estruturas física e profissional do estabelecimento. “Essa atividade é muito importante. O grupo se fortalece a partir do compartilhamento de iniciativas, de ações realizadas e de boas práticas na gestão e operação das casas”, destaca Lucas.
 
Gestores de residenciais visitaram estabelecimento em Porto Alegre
 
Conexão Healthcare
 
Lançado em 2017, o Conexão Healthcare realiza consultorias individuais e em grupo nas instituições para orientar e avaliar a aplicação dos conceitos.
 
O objetivo do projeto é potencializar a geração de negócios entre as empresas que atuam nos elos da cadeia de valor da saúde, no segmento das geriatrias. “O mercado de saúde continua a se aquecer e a apresentar novas e melhores oportunidades para atender a mudança do perfil sociodemográfico da população, que em breve será a maior consumidora de seus produtos e serviços, principalmente os especializados no cuidado ao idoso. Conhecer suas necessidades é fundamental para uma iniciativa mercadológica eficaz”, acrescenta Lucas.

 


   
 

RESIDENCIAIS ASSOCIADOS